Site Cultural de Feijó

Site Cultural de Feijó

No AC, mãe tenta entregar celular escondido em pomada de uso íntimo para filho preso

Agentes penitenciários desconfiaram após várias entregas da pomada chegarem para os presos; caso ocorreu no presídio de Sena Madureira, interior
G1Ac

Uma mãe, de 42 anos, foi presa ao tentar entregar um aparelho celular escondido em uma pomada de uso íntimo para o filho. O caso ocorreu no Presídio de Sena Madureira, interior do Acre, e a suspeita é de que mais celulares tenham sido entregues da mesma forma por outros parentes aos presos. A mãe foi flagrada na segunda-feira (17) e levada para delegacia local. 

O diretor da unidade, Aécio Lima, disse ao G1 nesta quarta (19) que os agentes penitenciários começaram a suspeitar após vários parentes levarem pomadas para os presos. Ele disse que o medicamento - geralmente usado por mulheres - começou a chegar com bastante frequência na semana passada. 

“Como tinha uma grande quantidade da pomada entrando em uma semana, resolvemos abrir um dos pacotes que haviam sido entregues na coordenação técnica de saúde, tinham três para serem entregues e nelas haviam celulares. Já sabendo da situação, resolvemos fazer uma averiguação e logramos êxito em flagrante”, contou.
Lima explicou que foram apreendidos quatro telefones, sendo um deles em flagrante com a mãe de um dos presos. Sobre os demais, o diretor falou que os parentes ainda não foram identificados. Os telefones foram colocados pela parte de baixo do tubo do medicamento. "Foram apreendidos três na semana passada que não conseguimos identificar quem entregou. A mãe confirmou que entregaria para o filho", detalhou.

O diretor ressaltou ainda que foram encontradas ainda várias caixas vazias do medicamento. A suspeita é de que as caixas tinham aparelhos celulares.

SAIBA MAIS

Deixe um comentário

Nenhum comentário:

Imagens de tema por compassandcamera. Tecnologia do Blogger.